A coleira de adestramento de cachorros é uma ferramenta valiosa para melhorar o comportamento dos cães e mantê-los seguros durante passeios, visitas e outras atividades. Sua escolha deve ser cuidadosa, já que a coleira será a forma de comunicação entre o adestrador – profissional ou não – e o animal.

Qual é a melhor coleira para educar um cachorro? Existem vários modelos, formas e materiais para satisfazer as necessidades dos pets e de seus donos. Essa necessidades vão desde fase do adestramento, a raça e o porte do cão, até sua personalidade e carácter. Neste Guia, você vai conhecer diferentes tipos de coleiras, bem como as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

O mais importante

  • As coleiras de adestramento para cachorros podem ser fabricadas com materiais variados: náilon, coro, tecido ou metal. A resistência, durabilidade e facilidade de limpeza dependerá da matéria-prima da qual é feita.
  • Elas podem ser planas (achatadas) ou arredondadas. O comprimento é bem variável: pode ter menos de 50 centímetros ou até mesmo 20 metros.
  • O melhor modelo de coleira para adestramento é a de multifuncional, pois ela permite regular o comprimento segundo a etapa de instrução, o espaço físico e a necessidade de controle sobre o cachorro.

Ranking: As melhores coleiras de adestramento de cachorros do mercado

Muitos proprietários dedicam tempo procurando por uma coleira que seja cômoda para o pet, resistente e segura para o adestramento. Mas, não dão a mesma atenção na hora de comprar a corda da coleira, apesar de os dois elementos serem igualmente importantes. Abaixo, queremos recomendar as melhores coleiras de adestramento de cachorros disponíveis no mercado.

1° – Coleira Para Cachorro Com Luz Vermelhanite – Ize

Essa é uma coleira comum, de pescoço, com o diferencial de contar com luz de LED ao redor, o que permite que seja usada também em passeios noturnos. É feita de náilon resistente a água, em formato de correia achatada e a bateria da luz dura até 72h. A iluminação pode ser vista em até 300 m de distância.

Tanto a coleira do pescoço quanto a corda podem ser ajustadas para aumentar ou diminuir de tamanho, o que permite que seja usada em cães de diferentes portes e o que ajuda, também, a manter o cachorro melhor controlado na hora de adestrá-lo.

2° – Coleira de Adestramento Trançada (Várias Cores) – Dog Design US

Esta coleira também deve ser usada no pescoço do cachorro. É feita de poliéster acolchoado, o que gera conforto ao animal e também ao tutor/adestrador. Além disso, é um material lavável, o que permite manter a higiene do produto. Conta com argolas de metal para prender a corda.

Está disponível em diversas cores vibrantes e em vários tamanhos para atender a cães de todos os portes. A circunferência que fica no pescoço pode ser apertada ou afrouxada de acordo com o momento de uso e com as atividades a serem feitas com o cão.

3° – Coleira de Adestramento Refletiva – CollarDirect US

Esta coleira é feita de náilon antialérgico com acabamento em metal na parte de trás (onde se acopla a corda), o que garante mais resistência. Deve ser passada pelo pescoço do cachorro e é possível encontrará-la em diversas cores e em tamanhos ajustáveis, facilitando que se adaptem a todos os cães.

Tem a vantagem de ser refletiva, o que significa que é visualizada quando bate luz de laternas, postes etc., favorecendo a segurança do cachorro mesmo se o adestramento ou o passeio for feito a noite.

4° – Coleira de adestramento – Max & Neo US

Essa coleira de pescoço também é feita de náilon resistente e confortável, o que evita danos ao cão e ao tutor/adestrador. Conta com costura refletiva para maior segurança do cão em atividades norturnas.

São vários os tamanhos com a possibilidade de afrouxar ou apertar um pouco mais. A argola é de metal polido e resistente para uso da corda. Ao adquirir uma coleira Max & Neo, a empresa doa uma coleira idêntica a animais resgastados das ruas.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre coleira de adestramento para cachorros

A coleira de adestramento é uma ferramenta valiosa para melhorar o comportamento dos cachorros, incrementar a segurança durante os passeios e, até mesmo, melhorar a convivência no lar. Nesta seção, você vai aprender sobre as características e os usos dessa coleira para a educação do seu pet.

Imagem de cachorro de coleira olhando para seu dono.

A coleira de adestramento é uma ferramenta valiosa para melhorar o comportamento dos cachorros e incrementar a segurança durante os passeios. (Fonte: Damedeeso: 24327220 / 123rf.com)

Quais os requisitos de uma boa coleira de adestramento canino?

Frequentemente surgem novos modelos e materiais para as coleiras de cachorros. Como dono e responsável pelo animal, é importante não se deixar levar só pela publicidade, mas sim escolher uma coleira de adestramento que cumpra certos requisitos de comodidade e segurança:

  • A coleira deve ser resistente: Especialmente quando é preciso adestrar um cachorro de grande porte ou que puxa com muita força quando sai para passear.
  • Deve ter ganchos fortes e robustos: Que garantam que o anel ou argola da coleira se enganche bem na corda.
  • A coleira deve ser cômoda: Não apenas para o cachorro, mas também para o dono. Além disso, deve ser de um material que evite queimaduras na mão por conta da fricção.
  • A coleira deve ser comprida o suficiente: Para favorecer a liberdade do movimento do animal, mas que possa ser encurtada para controlá-lo. As coleiras multifuncionais permitem ajustar o comprimento de acordo com a necessidade do momento.
  • Devem ser fabricadas com material fácil de limpar ou lavar: Que não absorva odores e nem umidade.
  • Para adestramentos noturnos, a coleira deve ser refletiva.
Andrés AlmonteFormado em etologia canina e dogwalk

“O comprimento da coleira é fundamental. Se é muito curta, a limitação é mais notável e tanto o animal quanto a pessoa se estressam. Se é muito comprida, não é possível controlar o cachorro”.

O que é a coleira de adestramento de cachorros?

As coleiras de adestramento de cachorros são elementos destinados a controlar e, principalmente, a educar esses animais. São feitas de uma tira, corda ou corrente com um gancho metálico em uma ponta que se unirá à parte que fica no pescoço ou corpo do cão. Na outra ponta, pode ter uma abertura para a mão, para favorecer que a pessoa segure a corda da coleira.

Imagem de cachorros, um do lado do outro, na frente dos donos.

A coleira de adestramento de cachorros é um elemento destinado a controlar e, sobretudo, a educar esses animais. (Fonte: Ian Allenden: 43392488 / 123rf.com)

Quais modelos de coleira de adestramento de cachorro existem?

Como já mencionamos, no mercado existem opções bem diferentes quando se trata de coleira para adestramento canino. Ainda assim, são poucas as que realmente podem contribuir para o processo de treinamento do cão; e pior ainda, algumas acabam sendo pouco seguras para o animal. Abaixo estão alguns dos modelos disponíveis atualmente:

  • Coleiras convencionais: Costumam ter forma plana e o comprimento de, em média, 1 metro. São boas para passeios, mas não são compridas o suficiente para o adestramento.
  • Coleiras de 2 metros ou mais: São coleiras convencionais, porém bem compridas. Podem ter uma extensão de 2 a 20 metros. Permitem adestrar o cachorro para que responda quando é chamado ou para que traga bolinhas (ou outro objeto). Podem ser planas ou arredondadas. Essas coleiras se enrolam e se soltam manualmente.
  • Coleiras multifuncionais: Têm entre 2 e 3 metros de comprimento. A particularidade delas é a presença de 2 ou mais aros na base, o que permite regular o comprimento da corda. É a opção favorita de adestradores, veterinários e tutores.
  • Coleiras extensíveis (retráteis): Podem ter vários comprimentos, mas, geralmente o mais comum é que tenham 3, 5 ou 8 metros. São feitas de uma corda tipo fio que se enrola dentro de uma estrutura de plástico. O cachorro pode estendê-la a medida que anda ou se afasta.
  • Coleiras de enforcamento: Esse modelo une a coleira e a corda por uma espécie de “nó”. Quando o cachorro anda mais rápido, esse nó faz com que a parte do pescoço se aperte e, como diz o nome, enforque o animal. São desaconselhadas por serem cruéis e perigosas.
Modelos Vantagens Desvantagens
Convencional Econômica e fácil de usar em passeios Seu comprimento é insuficiente para o adestramento
Compridas São uma boa opção em fases avançadas do adestramento, para ensinar comandos, comportamentos ou brincadeiras que necessitam que o dono e o animal estejam a uma distância considerável um do outro Dependendo do design e do material, podem enrolar e enroscar, dificultando a manipulação
Multifuncional Seu comprimento se ajusta facilmente em função das necessidades do momento Seu comprimento máximo costuma ser de até 3 metros
Extensíveis Dão mais liberdade de movimento ao cachorro Ensinam e estimulam o cachorro a andar com coleira. São totalmente desaconselhadas em caso de cães que têm o costume de puxar com força enquanto andam
De enforcamento Neutralizam o comportamento indesejável por reforço negativo São perigosas para o animal e representam maltrato

Qual modelo de coleira de adestramento é mais recomendado?

Como já mencionamos, a coleira multifuncional é a melhor opção para o adestramento canino. O gancho é facilmente engatado ao anel para permitir alcançar o comprimento desejado. Seu comprimento máximo costuma ser de 2 a 2,6 metros. É um modelo cômodo, seguro, versátil e dinâmico. Podem ser de náilon ou de couro.

As coleiras multifuncionais de 2,8 a 3 metros podem ser usadas de forma cruzada – a tiracolo – durante os passeios. Muitas delas também são úteis para levar 2 cachorros de uma vez. A maioria dos fabricantes incluem um manual para que o adestrador não profissional possa aproveitar ao máximo esse modelo.

Quais tipos de coleira de adestramento canino é melhor evitar?

Nunca escolha as coleiras de enforcamento, que são muito recomendadas para os cachorros que puxam a guia com força quando passeiam. Isso porque podem acontecer 2 coisas: que o cachorro deixe de puxar por conta do enforcamento, ou que o cão, mesmo sendo enforcado, continue dando puxões. Alguns cachorros sofrem lesões graves no pescoço por causa desse tipo de coleira.

Também não é recomendável usar as coleiras extensíveis, pois elas estimulam esse hábito de puxar; inclusive os cachorros que não têm essa mania podem adquiri-la. A coleira retrátil pode ser usada em passeios com cachorros já adestrados ou que estejam em fases mais avançadas de treinamento.

Carlos Alberto AraujoEducador de cachorros na Everdog

“Nas coleiras de enforcamento, o animal puxa e o dono usa a força necessária até que ele entenda e pare; mas, muitos não fazem isso. Há casos nos quais os cachorros até desmaiam durante o passeio”.

A coleira elétrica substitui a coleira de adestramento?

Não. Esse elemento foi recentemente proibido na Holanda, por exemplo, por ser considerado cruel e desnecessário. Tratam-se de coleiras utilizadas para um treinamento “a distância”, já que não é preciso usar a corda na coleira. Quando o cachorro desobedece ou faz algo inadequado, o proprietário aperta um botão que emite uma descarga elétrica, vibração ou ruído.

A perda de bem-estar do animal é muito alta. O uso de coleiras elétricas não se justifica, dado que existem alternativas igualmente efetivas e inofensivas para o animal e seu dono. Por isso, não é recomendável usar esse tipo de coleira para o adestramento do seu animal de estimação.

Imagem de cachorro com seu dono caminhando em parque.

A coleira de adestramento é formada por uma corda ou corrente com um gancho metálico em uma ponta que se unirá à coleira ou estrutura que fica no corpo do cão. (Fonte: ljupco: 48277407 / 123rf.com)

A mesma coleira pode ser usada no adestramento e no passeio com o cachorro?

Sim. Uma das maiores vantagens das coleiras multifuncionais, por exemplo, é que, uma vez finalizado o adestramento, você pode seguir usando-as para os passeios. Inclusive, muitas vezes o adestramento, que a princípio dura alguns minutos, é feito durante o tempo dedicado ao passeio; então, é muito cômodo não ter que trocar de coleira.

Coleiras coloridas.

Frequentemente surgem novos modelos e materiais para coleiras de cachorros. Escolha uma coleira de adestramento que cumpra com os requisitos de adequação, comodidade e segurança. (Fonte: Keiphotostudio: 78188877 / 123rf.com)

Como o dono deve se comportar durante o adestramento?

A coleira de adestramento de cachorros é uma ferramenta educativa valiosa, mas não milagrosa. Se o proprietário quer treinar seu cachorro por sua conta, sem contratar adestrador profissional, deverá ser paciente, carinhoso e disciplinado no treinamento. Os cachorros aprendem rápido, mas esse processo demora certo tempo.

Condutas positivas do dono Condutas negativas do dono
Escolher um momento em que o cachorro está tranquilo e atento para a sessão de adestramento Forçar o cachorro a aprender comandos quando está cansado, com medo ou nervoso
Usar guloseimas para cachorros, carícias, palavras carinhosas e brincadeiras como recompensa pela conduta aprendida ou em processo de aprendizagem Gritar, bater, castigar ou ignorar o cachorro porque ele não está aprendendo a ordem ou comando que você está tentando ensinar
Fazer sessões de adestramento curtas, de uns 5 minutos, e depois continuar com brincadeiras ou passeios Realizar treinamentos prolongados, que cansem e irritem o cachorro
Ensinar um comando ou ordem em cada sessão de adestramento Querer que o cachorro aprenda vários comandos em cada treinamento

Critérios de Compra

O mundo das coleiras de adestramento para cachorros é enorme. É importante conhecer os diferentes materiais, modelos e tamanhos para adquirir o produto indicado para seu cachorro e para você. Estes são os critérios de compra básicos que você deve avaliar antes de comprar uma coleira para adestrar seu cachorro:

  • Material
  • Modelo
  • Elementos de segurança
  • Tamanho do cachorro

Material

As coleiras de náilon e couro são as mais recomendadas porque são leves, porém resistentes. Entretanto, o couro pode estragar se for lavado ou exposto à umidade. Se o cachorro tem o hábito de morder a coleira, esse material também será muito tentador. As coleiras de metal são muitos pesadas, difíceis de lidar e com tendência à oxidação.

Critério Náilon Couro Metal
Preço Intermediário (muito variável a depender do comprimento e modelo) Caro (varia dependendo do comprimento e modelo) Econômico
Resistência Elevada, até mesmo a mordidas do cachorro Muito boa resistência, mas pode estragar se o cachorro tiver o hábito de morder a coleira Elevada
Facilidade de limpeza Muito fácil de limpar, a maioria, inclusive, pode ser lavada na máquina Estraga se for lavada com água ou com pano úmido Os elos retêm muita sujeira
Durabilidade Muito duradouro Muito duradouro, mas desde que não fique exposta à umidade excessiva Tende à oxidação em contato com a água ou com a umidade
Peso Leve Leve Pesado
Modelo de coleira fabricada com esse material Todos: coleira convencional, coleira grande, coleira extensível, coleira multifuncional, coleira dupla Coleira convencional, coleira multifuncional e coleira dupla Coleira convencional

Modelo

Para a fase inicial de adestramento, o ideal é comprar uma coleira multifuncional (de couro ou náilon) ou, se não encontrá-la, uma coleira convencional de 2 metros. Em fases mais avançadas, você poderá complementar o treinamento com uma coleira longa (mais de 10 metros) ou extensível (mas nunca a use se o cachorro tem o hábito de puxar com força quando passeia).

É importante mencionar que as coleiras extensíveis praticamente não permitem nenhum controle sobre o animal e é muito arriscado utilizá-as. Podem ser usadas com cachorros muito obedientes ou se o adestramento acontece em espaços fechados. Também nunca devem ser usadas coleiras muito curtas (menos de 50 centímetros) ou de enforcamento.

Casal caminhando com seu cachorro.

Lembre-se que a coleira de adestramento deve ser comprida o suficiente para que o cachorro se sinta cômodo. (Fonte: Mark Bowden: 71235796 / 123rf.com)

Elementos de segurança

A extremidade em que a pessoa segura a coleira deve ser cômoda e antideslizante para evitar queimaduras por fricção na mão. Os fios refletivos são essenciais para os passeios ou treinamentos noturnos. Os ganchos devem ser fortes e garantir um fechamento seguro. Uma falha no gancho pode levar o cachorro a escapar.

Características do cachorro

Quando o cachorro é de grande porte ou costuma puxar a coleira, é melhor comprar um produto resistente e reforçado para evitar que se rompa ou que haja algum acidente durante o adestramento. No caso das raças pequenas, é importante adquirir correntes leves. Para os cachorros que têm tendência a morder, as coleiras de couro devem ser evitadas.

Alguns tutores pensam que, com uma coleira curta, de menos de 50 centímetros, poderão tirar do cachorro o hábito de puxar a coleira. Na verdade, acontece justamente o contrário: quanto mais curta é a coleira, mais o cachorro puxa. É fundamental considerar a raça e/ou a personalidade do cão na hora de escolher uma coleira.

Resumo

Como você provavelmente percebeu, a coleira é muito mais que um elemento para evitar que o cachorro fuja durante os passeios ou que pule nas pessoas. É uma ferramenta que, se usada corretamente, permitirá que eduque seu cão e comunique-se com ele ou ela. Escolher uma coleira adequada é parte da preparação para o adestramento.

As coleiras do tipo multifuncional, de náilon ou de couro, são nossas opções favoritas para educar um cachorro e, uma vez que esse processo seja concluído, servirão também como coleira de passeio. Claro que, mesmo que você compre o melhor produto do mercado, sem dedicar tempo, paciência, carinho e disciplina, o adestramento não terá sucesso.

Gostou do nosso Guia? Então, compartilhe este texto com seus amigos e conhecidos para que eles possam aprender sobre o melhores modelos de coleira de adestramento para cachorro.

(Fonte da imagem destacada: Damedeeso: 24327221 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
27 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...